• Edward Claudio Jr

Afinal, eu preciso de um planejamento financeiro?

Muitas pessoas não sabem exatamente o que é um planejamento financeiro ou confundem com alguns pontos que até fazem parte dele.


O planejamento financeiro não possibilita apenas o sucesso financeiro da pessoa, mas também é importante para o sucesso pessoal e profissional. Ele será um mapa que o guiará para levar você de onde está até onde quer chegar, detalhando os caminhos a percorrer.


É um processo que vai auxiliar você a administrar: a renda, os investimentos, as despesas, o patrimônio e as dívidas. E tem por objetivo, a realização dos seus propósitos.


Podemos destacar alguns destes propósitos:


- Crise financeira

- Herança ou repartição de bens

- Mudança de carreira

- Planejamento para os filhos

- Planejamento para aposentadoria

- Preparação para casamento

- Recebimento de grande soma de dinheiro

- Inesperada queda financeira

- Aquisição de Imóvel

- Aquisição automóvel

- Realizar festa celebrativa (Bodas, 15 anos filhos, etc)

- Viagem dos sonhos

- Sair das dívidas


Se você tem um destes objetivos, com certeza fazer um planejamento financeiro será muito mais assertivo para alcançar o que deseja. Com ele é possível identificar as oportunidades e dificuldades e definir estratégias para enfrentar cada situação, antecipadamente.


E aproveitando a oportunidade quero destacar alguns enganos sobre planejamento financeiro:


A. Tomar a iniciativa de fazer o planejamento financeiro apenas em momentos de crise;

B. Confundir planejamento financeiro com investimentos;

C. Não estabelecer objetivos financeiros mensuráveis;

D. Acreditar que planejamento financeiro é somente para os ricos;

E. Considerar que planejamento financeiro é para pagar menos tributos;

F. Presumir que planejamento financeiro é para quando estivermos mais velhos ou planejamento para a aposentadoria;


Na minha jornada como educador e coach financeiro, identifiquei algumas situações e desculpas, que muitas pessoas alegam para não fazer um planejamento financeiro. Veja se você se enquadra em alguma delas:


- “Estou perdido no meio de tantas dívidas, os juros só aumentam e não consigo pagar.”

- “Não tenho tempo para parar e organizar as minhas finanças e acho isto muito chato.”

- “Até tenho alguns sonhos que gostaria de realizar, mas não sei com alcançá-los.”

- “O mundo dos investimentos é muito complicado, não é para qualquer um.”

- “Planejamento financeiro é só para quem tem muito dinheiro.”


E então, você se identificou com alguma destas frases?

Sim! Que tal aproveitar a oportunidade e iniciar a montagem do seu planejamento financeiro?


Então vamos em frente e siga os seguintes passos:


1º) Estabeleça os seus objetivos e propósitos. Defina pelo menos três objetivos, um de curto prazo (até um ano), um de médio prazo (de um a cinco anos) e um de longo prazo (mais de 5 anos). E não esqueça de inserir o objetivo da independência financeira. Que será o momento em que com o patrimônio conquistado, terá o seu padrão de vida atendido, sem a necessidade de trabalhar, ou se quiser, trabalhar apenas por prazer e não mais por necessidade.


2º) Levante a situação atual do seu orçamento mensal. Anote:


- os seus ganhos (salário, benefícios e outras rendas);

- todas as despesas fixas (supermercado, feira, educação, água, energia elétrica, aluguel, internet, telefone celular, combustível, medicamentos, diversão e lazer, doações, etc);

- os investimentos, bens móveis e imóveis e

- as dívidas e parcelamentos em andamento.


3º) Defina as metas e as estratégias para alcançar cada propósito. Faça um plano de ação.

Coloque neste plano o que deve ser feito, quem vai fazer, quem pode ajudar e quando as ações serão executadas.

Para você refletir:

- Quanto mais cedo se organizar, mais rápido alcançará os seus objetivos.

- O dinheiro é apenas o meio para você alcançar os seus propósitos e gerar tranquilidade na sua vida.

- O planejamento para a independência financeira requer bem mais tempo.

- O planejamento vai guiá-lo na estrada rumo ao que realmente é importante para a sua vida.

Vamos lá. Tenha iniciativa, confiança, atitude e perseverança. Invista no seu futuro e da sua família.


Se tiver dúvidas ou dificuldades para montar o seu planejamento financeiro, procure a ajuda de uma pessoa ou profissional que entenda do assunto. O seu BEM financeiro e das pessoas que você ama é o nosso plano.


---

Edward Claudio Júnior é Pós-graduado em Educação Financeira, Coach Financeiro, Palestrante e Treinador Comportamental. Cofundador do BEM Financeiro – Desenvolvimento em Finanças, responsável pelo escritório em São Paulo.


Posts recentes

Ver tudo