top of page
  • Foto do escritorSilvio Bianchi

Como construir a reserva de emergência

Atualizado: 4 de jul.

Por Silvio Bianchi *

Muito se fala da necessidade de ter uma reserva para imprevistos, também chamada de Reserva de Emergência. Porém, também existe uma polémica com relação ao nome: “emergência sugere coisa ruim e eu não quero guardar dinheiro para coisas ruins!”.


Cofrinho pensando em cofrinho acidentado.
RESERVA DE EMERGÊNCIA. Como construir

O objetivo desta reserva é criar uma “rede de proteção” contra imprevistos, evitando ter que recorrer ao endividamento em momentos de crise. Se a reserva não for suficiente e precisar de um empréstimo, a dívida será menor e mais fácil de controlar.


Como fazer para construir a reserva de emergência:

  • Gaste menos do que recebe. A única forma de guardar dinheiro regularmente é gastando menos do que recebe. Cuidado com o que entende por gastar! [1]

  • Planeje suas despesas. Planejar suas despesas é a melhor forma para gastar menos do que recebe e guardar dinheiro todos os meses. [2]

  • Monitore suas despesas. Despesas pequenas mas que se repetem ao longo do mês, assinaturas que não usa, compras por impulso, aquelas compras com “parcelas pequenas”, são especialistas em “furar orçamentos”.

  • Proteja suas reservas! De quem? De você mesmo! Dan Ariely, psicólogo americano, especializado em Finanças Comportamentais, diz: “Somos raposas cuidando do nosso galinheiro financeiro”. Para proteger suas “galinhas financeiras”, mantenha suas reservas separadas da conta que utiliza para receber e pagar. Assim como criamos uma barreira de arame para proteger as galinhas dos seus predadores, precisamos criar barreiras entre nós e as nossas reservas.


  • Separe o dinheiro para as reservas no momento de receber. “Quando sobrar eu guardo” não é uma boa estratégia, porque, o risco de não sobrar é muito elevado. O ideal é configurar transferências automáticas para a conta destinada ao fundo de emergência.


  • Como calcular o tamanho da reserva de emergência? O tamanho mínimo da reserva seria o equivalente a 6 (seis) meses de despesas básicas. O ideal seria de 1 (um) ano de despesas básicas.


  • Quais são as despesas básicas? Moradia (aluguel, condomínio, água, luz, gás etc.), Alimentação (mercado + feira. Os lanches por aplicativo não entram nesta categoria! 😉), Transporte para trabalhar ou estudar, Saúde (convênio médico, consultas, medicamentos), Educação.


  • Mantenha a reserva num investimento com liquidez diária. As emergências não podem ser planejadas e, quando acontecem, precisam ser resolvidas imediatamente. Portanto, a RESERVA de EMERGÊNCIA, deve ser mantida em investimentos que permitam o acesso imediato.

Se precisar de ajuda para organizar seu orçamento e guardar dinheiro todos os meses, no BEM Financeiro criamos os programas BEM Agora.


Um fundo de emergência proporciona tranquilidade e segurança, permitindo que você enfrente situações inesperadas com mais confiança.



SEU BEM-ESTAR FINANCEIRO É O NOSSO PLANO!

[1] Gastar ou Pagar? Se confundir vira armadilha! – Blog do BEM: https://bit.ly/GastarouPagar

[2] Como guardar dinheiro e ter segurança financeira – Blog do BEM: https://bit.ly/Como_Guardar_Dinheiro


---- * Silvio Bianchi é Pós-graduado em Educação e Coaching Financeiro, Contador Público, Master Coach, Coach Financeiro, Treinador e Palestrante. Cofundador de BEM Financeiro – Desenvolvimento em Finanças, responsável pelo escritório em São José dos Campos - SP (Vale do Paraíba).


Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page